7.4.12

pela estrada fora



Do atelier para casa e vice-versa vou observando aquilo que me rodeia com outros olhos. Experimentem ser turistas no local onde habitam. De certeza que encontram coisas diferentes pelo caminho nunca vistas até à data.

.............................................................................................................

From studio to home I observe the surroundings with different eyes. Try to be tourists at the place you live. Surely there are different things along the way never seen before.

4 comentários:

Planeta Miador disse...

É mesmo. Eu gosto de ir pelas ruas e olhar para cima, para as fachadas das casas, para os telhados... Encontro sempre coisas novas.

anne disse...

love to do that do. it's funny how your eyes are catching different details every time.

koklikô disse...

"O meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas Olhando para a direita e para a esquerda, E de vez em quando olhando para trás... E o que vejo a cada momento É aquilo que nunca antes eu tinha visto, E eu sei dar por isso muito bem... Sei ter o pasmo essencial Que tem uma criança se, ao nascer, Reparasse que nascera deveras...Sinto-me nascido a cada momento Para a eterna novidade do Mundo..."

:)

Alberto Caeiro - O Guardador de rebanhos

Sandra disse...

Até o portão envelhecido e abandonado parece ter expressão e sorrir...sem dúvida que esta freguesia ainda é calma como uma pequena vila. Adoro percorrê-la a pé, com o meu filho. Recomendo uma visita (em dia solarengo ) ás frondosas hortas que despertam há alguns anos mas agora com mais vigor, perto do rio. Aí sim, entramos no espírito da aldeia...as ruas de pedra, as casas rasteiras, os quintais carregados de árvores e os terrenos trabalhados, por lazer ou necessidade pedem registos fotográficos únicos. Respira-se outro ar, outro silêncio. Espreite que vale a pena!